Variedades

Seja um(a) consultor(a) e coloque "força" no salário

Ganho com produtos vendidos de porta em porta podem chegar a 10% do orçamento do mês.


Um método copiado dos Estados Unidos dos anos 1950 ainda é sucesso no Brasil. A venda de porta em porta, ou para familiares, colegas de aula e amigos é uma das alternativas encontradas para elevar os ganhos mensais. Há quem ouse e utilize a internet como ferramenta de venda. A funcionária pública Bruna de Araújo (23) é uma das vendedoras virtuais. Ela usa o e-mail e a rede social para oferecer os cosméticos e perfumes da franquia que representa desde abril. "É uma facilidade muito grande. Em vez de ir de porta em porta, eu vou de IP em IP com minhas promoções e lançamentos", diz Bruna.
Ela tira, em média, 10% a mais do que ganharia na Prefeitura de Santa Clara do Sul vendendo seus produtos na Univates, por e-mail e para colegas. "Eu represento uma marca que se vende por si. Resolvi começar a vender porque confiava na qualidade e tenho a chance de conhecer novos produtos."
Quem também adotou o sistema de venda por catálogo é a estudante Fabiele Cristina Imperatori (25), mais conhecida como "Fabi". Ela trabalha em uma academia de ginástica no Bairro Montanha, em Lajeado, e reforça o contracheque com a revistinha que troca a cada 20 dias. "Esse valor que eu ganho guardo para ir a festas e até ajudar no pagamento da faculdade." Fabi cursa Educação Física e vende cosméticos e perfumes há uns dez anos. Na marca que ela representa, a comissão chega a 30% do valor de catálogo, e o plus no salário depende do círculo de amizades. Às vezes chega a R$ 100 por ciclo de pedido.

Marcas e consultores
Natura - Para se tornar um consultor da empresa é preciso preencher um cadastro no site www.natura.net. É preciso ser maior de 18 anos, ter telefone fixo, documentos como CPF e RG, comprovante de residência e não ter restrição ao crédito do SPC ou Serasa.

Pierre Alexander - As regras são praticamente as mesmas da Natura. É preciso preencher também um cadastro no site: www.pierrealexander.com.br/consultora Feito o credenciamento, a empresa pede cópia dos documentos de identificação e libera um código de consultor.

Avon - Para revender os cosméticos e perfumes da Avon também é preciso preencher um formulário no site www.avon.com.br  A documentação é a mesma exigida pela Natura, e para manter o vínculo com a empresa, é necessário que a cada nova revista, o vendedor encomende, no mínimo, R$ 80.

Boticário - Para ser representante da marca é preciso acessar o site www.grupoboticario.com.br/trabalhe-conosco/paginas/nossos-talentos.aspx e preencher o cadastro. As outras informações de como ter acesso aos produtos e descontos são fornecidas no próprio site.

Jequiti - Acessando o site www.jequiti.com.br/seja-uma-consultora, também é preciso preencher um formulário on-line. A partir do terceiro pedido realizado em diferentes ciclos, sem falhar três campanhas consecutivas, o(a) revendedor(a) recebe vale-saúde e vale-desconto.

Racco - Para ser uma consultora Racco é preciso se cadastrar no site da empresa - www.racco.com.br O revendedor ganha um mostruário de perfumes e batons para apresentar os produtos aos seus clientes. Além disso, as revendedoras podem fazer vários cursos de treinamento gratuitos para lhes ajudar a ganhar mais dinheiro vendendo os produtos Racco.

*Algumas marcas funcionam com sistema de indicação. Se você conhece alguém que já vende o produto, pode pedir ajuda. Existem ainda fábricas com lojas e representantes nos municípios. O atendimento nesses escritórios e pontos de venda também auxilia na aquisição de catálogos e cadastramento de novos vendedores. A comissão média é de 30% do valor de tabela dos produtos.

Rodrigo Nascimento
rodrigon@informativo.com.br



Comentários

VEJA TAMBÉM...