Variedades

Cinco escritores passam a fazer parte da Alivat

Solenidade de posse acontece dia 25 de julho no Teatro do Sesc


- Lidiane Mallmann/arquivo

Vale do Taquari - A Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat) realizou processo interno para o indicar nomes que ocuparão as últimas cinco cadeiras disponíveis.  O processo seguiu o rito estabelecido no estatuto social da entidade. Foram indicados os nomes de 17 autores e entre eles aconteceu a escolha dos novos imortais da literatura do Vale do Taquari. Com a admissão deles será completada a nominata dos ocupantes das 40 cadeiras que formam a Academia.

A escolha ocorreu em votação secreta realizada na sessão extraordinária de assembleia geral no dia 17 de maio. Os selecionados foram os seguintes escritores: Wolfgang Hans Collischon - Cadeira nº 7; Laura Peixoto - Cadeira nº 10; Rosane Cardoso - Cadeira nº 22; Ruben Alves Vieira - Cadeira nº 29, e Aline Lenz - Cadeira nº 38.

"Foi uma escolha muito difícil, porque o Vale do Taquari tem muitos bons escritores", afirmou o presidente da Alivat, o jornalista Deolí Gräff. Ele enfatizou que agora a Academia está completa no que tange à ocupação das Cadeiras: "Nossa intenção foi reunir nomes que abrangem diferentes vertentes da produção literária do Vale do Taquari. Com o preenchimento das 40 Cadeiras, a entidade fica mais fortalecida e ganha mais representatividade".

A Alivat foi fundada em 4 de outubro de 2005 e neste ano comemora 13 anos de existência. Entre as atividades realizadas pela Academia constam os colóquios literários, a participação em Feiras de livro e outros eventos culturais e literários. Outra atividade de destaque é o concurso literário, cujos textos vencedores são publicados em forma de Antologia.

A solenidade de posse dos novos Acadêmicos está marcada para o Dia do Escritor, 25 de julho. O ato iniciará às 19h30min e é aberto ao público. O local será o Teatro do Sesc, Rua Silva Jardim, 135, no Centro de Lajeado.

 

Conheça os novos imortais:

Wolfgang Hans Collischonn é natural de Marques de Souza e radicado em Lajeado. É bancário aposentado, professor, escritor e tradutor. Graduado em Economia pela Univates. É autor do livro "Arquitetura Enxaimel" e coautor da obra "Nossas Origens". Traduziu do alemão a história de Mato Leitão. Escreveu durante nove anos a coluna Deutsche Sprache do jornal O Informativo do Vale. É autor de inúmeros textos de pesquisa e crônicas publicadas em periódicos.

 

Aline Lenz é natural de Lajeado e graduada em Letras com habilitação em Literatura Portuguesa, pela Univates. É bibliotecária do Colégio Madre Bárbara e professora na Apae. É autora de diversos livros artesanais de contos e crônicas entre os quais: "Fecha o guarda-chuva para encharcar a alma". Tem intensa produção literária que publica constantemente em forma de crônicas e poesias nas redes sociais.

 

Laura Peixoto é jornalista, cronista e escritora em Lajeado. Nasceu em Santa Cruz do Sul. É formada em jornalismo pela Unisinos e pós-graduada em Comunicação pela Univates. Foi a primeira repórter da TV RBS em Lajeado, em 1988. Criou a Confraria do Verso e foi assessora cultural da Univates. É autora dos livros "Um dia tudo se ajeita!" e "Intrigas da Colônia". Participou da antologia "Contos de Outono", da Câmara Brasileira de Jovens Escritores. Publica crônicas em jornais do Vale do Taquari e nas redes sociais.

 

Rosane Maria Cardoso é professora e escritora natural de Estrela e radicada em Lajeado. Possui graduação em Letras com habilitação em Literatura, pela Univates, e mestrado em Letras e doutorado em Literatura, pela PUC/RS, além de pós-doutorado pela Universidad de Granada/Espanha. É professora da Univates e Unisc. É membro da Latin America Studies Association (LASA). Como escritora é autora de vários livros, entre os quais "Princesas que viram monstros". Tem dezenas de artigos científicos publicados no Brasil e exterior.

 

Ruben Alves Vieira, natural de Arvorezinha, é poeta e pajador tradicionalista. Trabalhou na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. Ocupou vários cargos no MTG, entre eles o de presidente dos Festejos dos 47 anos do MTG e 23º Tchê Encontro Estadual. É avaliador de concursos culturais. Autor de peças de artes cênicas, como Semana Santa no Morro de Arvorezinha e Natal Gaúcho. É autor de vários livros, entre os quais: "Poesia Xucra", "Versos de um Payador" e "Charlas da Vida".

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...