Colunistas

Reforce será inaugurada, oficialmente, no fim do mês

Já está operando ao colocar em prática o serviço de consultoria a empresas em dificuldade financeira, empreendedores iniciantes ou experientes em busca de melhores resultados nos negócios


Evidência estadual
Tem empresa da região em destaque no Sebrae RS. Na terça-feira, a entidade promove o evento Histórias que Inspiram: Casos Reais de Transformação. A programação ocorre a partir das 14h em Porto Alegre. As inscrições já estão esgotadas, mas será possível acompanhar as apresentações ao vivo pelo Facebook do Sebrae RS e, depois, as palestras estarão disponíveis na plataforma de cursos e conteúdos da instituição.
Daqui participa a empresária Tatiani Herrmann, da Selfy de Santa Clara do Sul, que acumula prêmios de empreendedorismo e traz inovação para os clientes na área da moda. O evento começa às 14h, tem nove participações no total, e a da Selfy está programada para as 15h10min. 
 
 
Quatro rodas
A Brenner Distribuidora Ford tem agora concessionária em Osório. A unidade com área física de cerca de 1,7 mil metros quadrados comercializa veículos novos e seminovos, além de oficina e funilaria. 
A filial se soma às de Montenegro e São Jerônimo, sendo a primeira operação do Grupo Brenner na cidade na região litorânea. Completam os negócios do grupo as empresas de Brenner Tratores, Concessionária Honda Valecross e Brenner Consórcio, tendo atuação em várias regiões do Estado.  
 
 
Mercado de negócios 
Está marcado para o final do mês - dia 27 - a inauguração oficial da Reforce. Criada sob a tutela de quatro empresários, já está operando ao colocar em prática o serviço de consultoria a empresas em dificuldade financeira, empreendedores iniciantes ou experientes em busca de melhores resultados nos negócios. 
Exemplo prático que pode ser compartilhado, já que muitos nessa área correm com discrição e sigilo, é o Lendário. A gestão compartilhada com o novo sócio é o que possibilitou a retomada do funcionamento do pub situado em Lajeado, na margem da BR-386. 
 
A propósito
Com parceria com escritório porto-alegrense na área, a Reforce tem o objetivo de também influenciar na retomada de negócios. Entendendo que há muitas empresas a serem vendidas na região, defendem que às vezes uma simples troca de comando pode representar sua recuperação no cenário econômico, com geração de empregos, renda e impostos. 
 

Vitória no STJ
Uma decisão recente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) diz respeito diretamente a uma empresa estrelense. A partir dela, está definida a exclusividade da propriedade da marca Rola Moça em favor de Rola Moça Indústria e Comércio de Confecções Ltda. O processo foi conduzido pela Haas Advogados de Lajeado, escritório especializado em direito intelectual, marcas e patentes. 
A autora do recurso especial - que utilizava a marca Rala Moça, semelhante à discutida nos autos - alegava que os elementos nominativos da marca eram expressões de uso comum, mas o colegiado concluiu que não houve violação às hipóteses de inviabilidade da concessão do direito de exclusividade previstas pela Lei de Propriedade Industrial.
 
Em tempo
Ao negar provimento ao recurso, a relatora do recurso especial, ministra Nancy Andrighi,  também observou a semelhança entre os trabalhos figurativos das duas empresas, que atuam no mesmo ramo de atividade e, portanto, poderiam causar confusão no consumidor caso pudessem utilizar as duas marcas em coexistência.
 
 
Energia na rede
A RGE Sul investiu R$ 7,3 milhões em obras que abrangem a rede elétrica de Lajeado. 
As ações da distribuidora do Grupo CPFL atingem mais de 23 mil clientes. Do total aportado, R$ 4,9 milhões foram destinados à novas ligações urbanas e rurais, de núcleos habitacionais e substituição de medidores de baixa, média e alta tensão. 
A concessionária aplicou R$ 1,76 milhão em equipamentos e, principalmente, troca de postes de madeira por novas unidades de concreto, que são mais resistentes e reduzem os riscos de interrupção no fornecimento, principalmente em dias de tempestades e ventos fortes. 
 
Em tempo
Outros R$ 526 mil a empresa direcionou para obras de adequação das redes, troca de transformadores, manutenção de religadores e reguladores de tensão, reforma de redes de distribuição, substituição de cabos de linhas já existentes. Também foram investidos R$ 157 mil em obras e equipamentos que garantem a qualidade dos níveis de tensão.
 

Sorvete do bem
Da aproximação com a Federação das Apaes do Estado (Feapaes-RS) nasce o projeto Sorvebom. Feliz Apae. A iniciativa proporcionada pelo setor de responsabilidade social da empresa lajeadense vai selecionar três projetos criados neste ano por escolas ligadas à entidade estadual. 
O Sorvebom. Feliz Apae. deverá entregar R$ 60 mil para os escolhidos em janeiro de 2019. Os recursos serão oriundos de um percentual da venda dos potes de dois litros de sorvetes da indústria. A ação marca os 35 anos de fundação da empresa.
 

Aprendiz
"Sua empresa + jovem a cada aprendiz" é o slogan da campanha lançada essa semana pela Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi). Trata-se de uma  entidade não governamental, sem fins lucrativos e que está presente em 23 estados brasileiros atuando como executora e agente articuladora de atividades socioassistenciais voltadas a crianças, jovens e adultos. Mais informações no site www.renapsi.org.br 

Simone Rockenbach

Comentários

VEJA TAMBÉM...