Geral

Exame pode confirmar morte por gripe A em Roca Sales

Secretaria de Saúde aguarda resultado. Vale teve, em maio, o primeiro óbito do RS

Créditos: Carolina Schmidt
Vacinas: um total de 67.830 doses já foram aplicadas no Vale do Taquari - Lidiane Mallmann

Roca Sales - A morte de um homem de 48 anos, em 2 de julho, pode confirmar-se como a primeira em Roca Sales por gripe A - e a segunda do Vale. O Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde aguarda resultado de exame encaminhado ao Estado. O Hospital Roque Gonzalez informa que a vítima estava internada desde 30 de junho. O primeiro óbito por Influenza no Rio Grande do Sul foi o de uma mulher de 32 anos, de Lajeado, em maio. 

Até o momento, a região tem 41 casos notificados de gripe A e 14 confirmados. Segundo o titular da 16ª Coordenadoria Regional de Saúde, Ramon Zuchetti, será realizado um levantamento nos municípios do Vale do Taquari para verificar se ainda há vacinas disponíveis. "Como alguns liberaram as doses para a população em geral após o término da campanha, não sabemos como está o saldo."

Em Lajeado, são 23 casos notificados e 13 confirmados - destes, dez são de H1N1, dois de H3N2 e um que não foi possível subtipar. A coordenadora do Setor de Epidemiologia de Lajeado, Juliana Demarchi, informa que o levantamento é feito a partir dos registros de atendimento do Hospital Bruno Born.

Vacinação

Na área de abrangência da 16ª Coordenadoria Regional de Saúde, o número de doses aplicadas contra a gripe, até o último dia 6, foi de 67.830. A expectativa era de vacinar 80.311 mil. A cobertura total ficou em 84,46%. Os municípios que ultrapassaram os 90% da meta foram Anta Gorda (90,73%), Arroio do Meio (90,73%), Bom Retiro do Sul (92,39%), Doutor Ricardo (97,01%), Ilópolis (93,37%), Muçum (98,74%), Nova Bréscia (93,45%), Poço das Antas (93,78%) e Pouso Novo (96, 95%). Em Lajeado, a imunização chegou em 85,13%.
No caso de Roca Sales, onde há a suspeita de morte por gripe A, foram encaminhadas cerca de 3,3 mil doses, com imunização de 3.173 pessoas dos grupos prioritários durante a campanha de vacinação. Outras 661 foram liberadas para a população entre 25 e 28 de junho. O percentual do público-alvo ficou em 80,73%. Hoje, a imunização está somente disponível para gestantes e crianças que precisam receber a segunda dose.

Comentários

VEJA TAMBÉM...