Esporte

Brasil perde para a Bélgica e adia sonho do hexa

Na Arena Kazan, Seleção acabou surpreendida e deixa Mundial com derrota de 2 a 1


- Fifa/divulgação

Kazan - Não era o final da Copa do Mundo que o torcedor brasileiro esperava. Na tarde desta sexta-feira, na Arena Kazan, no confronto mais esperado dessa fase de quartas de final da Copa da Rússia, levou a melhor a seleção que foi mais objetiva, que soube aproveitar as oportunidades criadas. O Brasil cai diante da "Geração de Ouro" do futebol belga, o Brasil cai por demorar para reagir, cai pelos erros individuais, cai por 2 a 1. O sonho do hexa ficou para 2022.

O jogo
O jogo burocrático em Kazan ganhou um novo tom logo aos 12 minutos de jogo. Após cobrança de escanteio da esquerda, Fernandinho desvia contra o próprio gol e abre o placar para os belgas: 1 a 0.

Apesar da desvantagem, a Seleção assumiu o controle de jogo, mas não conseguiu transformar isso, em chances de gol. Gol esse que veio mais uma vez nas cores vermelha, amarela e preta. Aos 30 minutos, Lukaku parte em velocidade, limpa a marcação de Paulinho e Fernandinho e rola para De Bruyne. O camisa 7 domina e solta a bomba, sem chances para Alisson: 2 a 0.

No segundo tempo o Brasil voltou disposto a descontar. O gol de Renato Augusto, já aos 30 minutos, reacendeu a esperança. Na reta final de partida, apesar da pressão, a Bélgica soube controlar o jogo e sair de campo com a vaga para as semifinais do Mundial. Ao Brasil, resta a autocrítica.

Comentários

VEJA TAMBÉM...